Categoria: Cultura Pop

Comece hoje a cometer erros fantásticos!

“Se você tem ideia do que quer fazer, do que veio fazer, então simplesmente vá e faça. Isso é mais difícil do que parece, e às vezes, no final, bem mais fácil do que você pensava.”

Há momentos em que a gente precisa de um verdadeiro empurrão, algum impulso pra seguir em frente.Quem nunca pensou em desistir de alguma coisa? Algo dá errado no início e você pensa que o fim será trágico e não aproveita o caminho. Todos passamos por situações difíceis, complicadas, às vezes chegamos ao fundo do poço e não sabemos mais para onde seguir. O que poucos param pra pensar ~eu mesmo nunca tinha me atentado a isso~ é que podemos mudar, podemos fazer boa arte com os problemas e ver o lado bom de tudo. É isso que nos ensina o mestre, Neil Gaiman.

“O impulso no início é copiar. E isso não é ruim. Muitos de nós só encontram a própria voz depois de soar como várias outras pessoas. Mas a única coisa que só você e mais ninguém tem é você. Sua voz, sua mente, sua história, sua visão.”

Em Erros Fantásticos, o discurso “Faça Boa Arte”, de Neil Gaiman, nós não temos um personagem, ou uma história. Encontramos aqui as palavras sábias do autor transformadas dignamente no papel. Vale lembrar que em 17 de maio de 2012, o escritor subiu ao palco e discursou para estudantes da University of the Arts, na Filadélfia, Estados Unidos, sobre o início da sua carreira, como foi conquistar um lugar, ou não, no mercado sem ter cursado uma universidade, planos de carreira e listas de coisas pra fazer.

No discurso, Gaiman debate sobre temas importantes como as dificuldades em ser artista e o quanto a arte pode ser boa para todos. Muitas vezes inverter algo, tirar do lugar, mudar posições, um simples erro pode mudar tudo e ficar ainda melhor. Errar pode ser fantástico!

“Cometam erros interessantes, impressionantes, gloriosos, fantásticos. Quebrem regras. Deixem o mundo mais interessante por estarem nele.”

O livro foi lançado no Brasil pela editora Intrínseca que manteve a mesma diagramação e capa original, apenas traduzindo todo material. O design ficou por conta de Chipp Kidd, que aliás, conseguiu transformar de uma maneira magnifica o texto de Gaiman, utilizando recursos de metalinguagem. Ele fez boa arte, foi criativo e inspirador. Kidd conseguiu fugir dos padrões convencionais, quebrou regras e trabalhou com o que sabe fazer de melhor. O discurso associado a diagramação deixaram o livro sensacional.

Cometer erros, mudar as coisas de lugar, quebrar tabus e paradigmas, e claro, fazer boa arte! Lições que eu levarei pra vida. Obrigado Neil Gaiman <3 Abaixo você pode acompanhar o discurso feito por Neil Gaiman. Pare tudo que você está fazendo, pois são 19 minutos inspiradores!

Quer comprar o livro? É só clicar aqui! Quer saber mais sobre livros, séries e quadrinhos? Então acesse www.diegodigno.com 😉

Bjs

Categoria: Cultura Pop

Sejamos Todos Feministas!

Sejamos-todos-feministas-Chimamanda-Ngozi-Adichie-livro-texto-TED-Companhia-das-Letras-lillys-trends-Anna-Rutkoski-3

Não tenho como começar essa resenha sem definir esse livro em apenas uma palavra: incrível. Parando para pensar e raciocinando cada palavra, costurando todas as pontas é possível ter uma ideia até pretenciosa com um mundo sem diferenças de gêneros.

Parece assunto do passado, né? Sua professora de história contando que as mulheres ficavam em casa e “serviam apenas” para cuidar do lar e para procriar. Mulheres não trabalham e não geram renda. Mulheres não devem ser valorizadas como homens. Tão antigo, mas tão novo. Tão real e tão perto da gente. Uma realidade escrita nos livros e vivida diariamente pela sociedade. Mas, Diego, as coisas estão mudando. Sim, estão. Num ritmo lento, cheio de pedras no caminho e com opiniões diversas.

Sejamos-todos-feministas-Chimamanda-Ngozi-Adichie-livro-texto-TED-Companhia-das-Letras-lillys-trends-Anna-Rutkoski-1

 

“Perdemos muito tempo ensinando as meninas a se preocupar com o que os meninos pensam delas.”

 

Ler “Sejamos Todos Feministas“, de Chimamanda Ngozi Adichie, faz a cabeça explodir. Uma pane no sistema! Pra começo de conversa esse texto foi integralmente extraído da palestra TED que a autora concedeu e falou sobre feminismo. Esse foi meu primeiro contato com Chimamanda e com o tema nos livros. Confesso que quero ler todas as obras dela hoje mesmo.

 

“Feminista: uma pessoa que acredita na igualdade social, política e econômica entre os sexos.”

 

Na quote acima temos a definição encontrada no dicionário de Chimamanda quando ela é chamada pela primeira vez de feminista. E sim, ela percebeu que era feminista. O mais interessante disso tudo é a explicação doce e delicada de Adichie. Ela usa como exemplo durante a narrativa seus amigos e familiares, e claro, sua própria história. Suas lutas e desafios diários por um mundo igual.

Sejamos-todos-feministas-Chimamanda-Ngozi-Adichie-livro-texto-TED-Companhia-das-Letras-lillys-trends-Anna-Rutkoski-2

Chimamanda dá uma aula sobre igualdade entre os sexos. Homens ainda ganham salários mais altos que as mulheres na mesma função. E eu me pergunto como isso ainda pode existir? Assim como ela diz, no mundo não são os mais fortes que vencem, mas sim os mais inteligentes, criativos e inovadores, ou seja, não há motivos para desigualdade. Mas ainda existe. E existe de uma forma tão chata, podre e mesquinha.

Eu sou sim a favor do feminismo e das causas feministas. Não vou entrar aqui em detalhes. Sei o básico e por isso defendo. Algumas questões ainda não rasas na minha mente e preciso de mais tempo para entender. Tenho certeza que temos muito no que evoluir quando o assunto é gênero.

 

“Nós evoluímos. Mas nossas ideias de gênero ainda deixam a desejar.”

 

Deixo com vocês a palestra dessa SUPER MULHER no TED 😉

Um beijo, Diego 🙂

Categoria: Cultura Pop

Dicas: 3 livros pra ler em um dia!

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-2

Quantos livros você já leu nesse ano? Tá em dúvida por onde começar? Então a gente tá qui pra te ajudar colega 😀 Hoje vamos dar três dicas de livros pra ler em um dia. Isso mesmo! É possível ler em um dia sim. Sabe aquele dia que você acorda sem nada pra fazer? Daí você pega o celular e fica vagando pelas 512 redes sociais + aplicativos + jogos. Quando vê passou três horas e nada de “útil” foi feito. Se você focar, pegar um livro bacana, é possível ler ele entre três e cinco horas. Pra te ajudar aqui temos três sugestões:

A CULPA É DAS ESTRELAS, DE JOHN GREEN

Muita gente já se rendeu a esse livro. Com uma história cativante que fala de amor, do mais puro amor. A protagonista Hazel tem câncer e nas idas e vindas da vida acaba encontrando em um grupo de apoio um menino chamado Gus, também diagnosticado com a doença. A partir desse momento os dois vão desenvolver uma das histórias mais lindas do universo literário. Unidos pelo amor e pela doença os dois lutam juntos pra sobreviver. O ingrediente principal do livro é a paixão fulminante. Com um final arrebatador você vai rir e chorar muito acompanhando a vida dos dois. Sonhos que podem ser realizados com a ajuda de alguém, sonhos quebrados. Impossível largar esse livro <3

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-1

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-7

A VIDA DO LIVRERIO A.J. FIKRY, DE GABRIELLE ZEVIN

Um livro pra quem ama livros. Aqui acompanhamos a vida de um livreiro que ganha a vida fazendo o que mais gosta: vendendo livros. Com uma vida pacata e rabugenta em uma ilha ele se conforma como as coisas acontecem. Vale lembrar que livrarias atraem todo tipo de gente. Com várias mensagens literárias e lições para o leitor. O tempo passa na história de acordo com os livros preferido de Fikry. Cada história lida é uma história vivida. Uma leitura leve e envolvente. Uma obra rica em emoções. Quando chega no fim dá vontade de ficar abraçado com o livro e imaginando tudo que foi absorvido. Já tá até escorrendo uma lágrima aqui 🙁

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-6

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-4

PARA ONDE VAI O AMOR?, DE CARPINEJAR

Carpinejar! O homem que escreve com o coração. Cada livro lido dele me faz ser uma pessoa melhor, sério! Para onde vai o amor?, é mais uma daquelas edições com reúne os textos do autor que fala sobre esse sentimento tão bonito. Com ensinamentos e vivências conhecemos melhor Carpinejar e a nós mesmos também. Cada conto é um encanto. O mais legal é que são curtos, mas cheios de vida. O que faz a leitura ser rápida, porém magnifica! Vai por mim, o cara sabe do que tá falando! Gosta de ler sobre o amor? Então mergulha nesse livro meu bem.

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-5

lillys-trends-diego-becker-anna-rutkoski-3-dias-de-livro-pra-ler-em-um-dia-3

Um beijo, Diego.