Categoria: Consultoria de Imagem

Detox no Armário e na Alma

Hello amores!!!

Muitas pessoas perguntaram após um post meu nas minhas redes socias e videos que fiz no snapgram & snapchat na última semana, sobre a limpeza de guarda-roupas que realizei com uma cliente na consultoria de imagem, e que despertou interesse por esse trabalho que realizo e curiosidade para saber mais a fundo a sobre importância dele.

Como todos vocês já sabem sou consultora de imagem e exerço esse papel no atendimento à domicílio, onde conforme for a necessidade da cliente, que pode ser uma limpeza no closet (separo O QUE FICA, O QUE SAI e O QUE VAI PARA O CONSERTO), definição do estilo, tipo físico & coloração pessoal, coordenação de looks entre várias outras coisas e que no fim de todo o processo de consultoria, a cliente recebe um material personalizado contendo todas as informações obtidas na consultoria personalizada comigo.

Mas é claro, que a limpeza no guarda-roupas é a mais importante antes de mais nada, trata-se de um trabalho de abordagem terapêutica visando acessar o inconsciente e baseia-se mais nos sentimentos e nas histórias de vida do que nas tendências de moda em si.

É um verdadeiro processo de autoconhecimento por meio do seu guarda-roupa que tem como principal objetivo te conduzir numa autodescoberta, um olhar para dentro que permite não só conhecer sobre vestimenta e estilo, mas também conectar quem você é àquilo que você veste.

Desta forma vamos além das orientações de como se vestir melhor. É um momento dedicado exclusivamente para você se observar por meio das suas influências familiares, experiências de vida, personalidade e como esses fatores estão presentes na sua vestimenta.

limpeza-lillys-trends-1

LIMPEZA DE GURDA ROUPAS NA CASA DA CLIENTE (O ANTES): 1. roupas que não tem mais utilidade para a cliente e só estavam ocupando espaço e que posteriormente irão para doação; 2. cabides sobrando; 3. muita bagunça, faz parte!

Entendo que o ato de vestir é uma expressão de quem a gente é… é um reflexo do momento que estamos passando (que pode ser bom ou ruim). A gente se comunica com aquilo que a gente veste… às vezes comunicamos auto amor, autoconfiança, algumas vezes confusão mental, baixa autoestima, frustração e angústia – emoções e padrões comportamentais presentes no momento de vestir, porém pouco conscientes. Ao identificarmos essas emoções tornamos o resultado na imagem pessoal ainda mais profundo e sustentável.

E o engraçado é que, muitas vezes nem sabemos o que temos dentro do guara-roupa, vamos abarrotando ele de tanta coisa que no fim, esquecemos que determinada peça estava lá a muito tempo, e que nem vocês se lembravam mais dela. Eu ajudo a praticar o desapego, a autoestima e estimulo a descoberta de novas possibilidades de combinações. Nosso corpo sofre inúmeras mudanças, seja por idade, por reeducação alimentar ou intervenções cirúrgicas, mas é muito importante praticarmos essa limpeza interna e externa!

Somente após um profundo mergulho em sua alma, é possível seguirmos nas etapas seguintes que incluem a vestimenta. Identificamos suas preferências e “gostos” – definimos uma proposta de imagem visual de acordo com seus objetivos e auxilio vocês a descobrirem qual é o seu estilo e como adaptá-lo ao seu ambiente profissional e ao seu dia a dia.

Adicionalmente, vocês aprendem como coordenar cores e estampas, realizamos sua análise de coloração, silhueta e para finalizar montaremos diferentes looks com as roupas que já têm e em uma etapa complementar darei suporte para comprarem de forma inteligente e sustentável.

limpeza-lillys-trends-2

LIMPEZA DE GURDA ROUPAS NA CASA DA CLIENTE (O DEPOIS): 1. vestidos longos e bem visíveis; 2. sobrando espaços; 3. blusas separadas por modelos (regatas, meia manga e manga comprida; 4. vestidos curtos dividindo espaço com casacos e o melhor: nada abarrotado!

Para quem é a Limpeza de Guarda-roupa?

É para todas as mulheres que querem transformar sua forma de vestir de maneira original e autêntica e que buscam se reconhecer com aquilo que vestem.

“Quanto mais a gente se conhece, mais fácil é escolher o que vestir.”

Na foto de capa: eu e minha amiga e cliente Lidiane Barbosa e os milhões de cabides que sobraram após a limpeza no seu closet e que logo poderão ser substituídos por novas peças, desde que a limpeza seja um exercício mensal. Entrou peça nova? Pratique o desapego em outras peças inutilizáveis para renovar sempre seu guarda roupa e deixar ele leve como a alma!

Para quem quiser agendar uma consultoria de imagem, é só me enviar um email, e se tiverem dúvidas, estou à disposição!

—–> consultoria@lillystrends.com.br

Beijos
Anna

Categoria: Autoconhecimento

SERES AUTOGERADORES

Chegou a hora de falar sobre um assunto que muito me agrada: AUTOGERAÇÃO.

post-borboletas-header

Pensar em autogeração é pensar em criação. É a possibilidade de criar o que quer deseja. Ser um autogerador torna-te um “semi deus”. Lhe dá poder, lhe dá autonomia, lhe dá tudo o que você precisa. Acredito que pessoas que praticam a autogeração são mais plenas. Precisamos pensar que somos nossos próprios geradores.

Geramos nossas alegrias, nossas tristezas, nosso destino e tudo o que nos cerca. Inclusive o problema que chega até você foi decorrente de alguma escolha sua no passado. Sim, você gerou ele!

Ser um autogerador é acessar sua arte, aquilo que você sabe fazer melhor e mais ninguém faz como você. É o desejo de autoconhecer para saber qual musica você quer dançar no momento. É criar seu próprio enredo. Se soubéssemos todos que somos capazes de criar um mundo teríamos pessoas muito mais criativas, teríamos mais Van Gogh, mais Chiquinha Gonzaga, mais Aretha Franklin por ai. Teríamos mais quadros de Picasso e Tarsíla do Amaral nas cidades. Sabe por que? Porque autogeradores se inspiram a cada instante. Inclusive nas adversidades.

A felicidade não chega atá nós, ela VEM de nós. Mas as pessoas esperam o melhor remédio, a melhor roupa, o melhor amor, a melhor musica, o melhor emprego, a melhor viagem. O melhor é VOCÊ quem cria, e não precisa de ninguém para fazer. São as diferentes escolhas que você tome na vida, é aquela pessoa que tanto te faz mal e que você decide não aceita-la mais, é o não que você insiste em não dar, é aceitar que a felicidade do outro não é necessariamente a sua e criar uma que seja “seu número”.

Ser autogerador é acreditar que sim, deuses existem, e você inclusive é um deles. Os autogeradores se transformam, transformam o seu entorno e sua realidade. Pode não ter o carro do ano, nem o emprego dos sonhos mas resolve gerar felicidade com aquilo. Eles criam sua própria inspiração,  suas possibilidades e seus objetivos. Aceitam melhor o não e conseguem dizer com mais facilidade também. Tive o grande prazer de ir nas paraolimpíadas. QUE INSPIRAÇÃO.

Eles teriam TUDO para desistir, para reclamar e não acreditar, mas sabe o que ele são? AUTOGERADORES da sua felicidade. De possibilidades que o deixam sentir a vida na pele. Não há nada mais forte neles que o desejo de serem eles.

E você, é um autogerador?

Com carinho,

Categoria: Autoconhecimento

AMAR-SER

Dia desses uma paciente me fez o seguinte questionamento: o que é amar à si? E como inicia esse processo de amor quando não se tem autoestima?

love-me

Fiz uma breve reflexão com ela sobre o assunto mas aquela questão ficou “cozinhando” em minha mente. E como se não bastasse, no dia seguinte  em uma “ conversa de bar” com uma amiga, a mesma questão veio entre nossos discursos. Em um primeiro momento, para sanar aquela questão, fui em busca de artigos bem específicos sobre o assunto. Mais especificamente: AUTOESTIMA. E basicamente encontrei dois caminhos: o do comportamentalismo e alguns de autoajuda. Autoestima está intrinsicamente ligado ao reconhecimento. Seriam estados corporais associados com eventos ambientais, sociais ou físicos que o desencadeiam. Esse estado corporal ou reconhecimento poderá vir de terceiros ou a própria pessoa valoriza-se perante as situações (todavia, há de se aprender a valorizar-se). Então depois de algumas leituras novos insights dominaram meus pensamentos.

Amar-se é exercer a liberdade para produzir o que é bom para si, é promover o que é lhe faz bem simplesmente porque SE AMA. É a autogeração do bem-estar e do reconhecimento. Para isso, precisamos nos conhecer. Precisamos saber o que gostamos, quem nós somos, quem nós ESTAMOS e o que sentimos. É um amor genuíno para tudo que nos cerca.

– Você ama o que seus olhos vêem? Perceba se você presta atenção no que lhe faz bem, se você desprende energia para coisa que lhe trarão satisfação.

-Você ama o que seus ouvidos escutam? Que programas você anda assistindo, que músicas embalam seus dias, que pessoas lhe dão conselhos ou simplesmente dialogam com você diariamente? Você anda escutando seu corpo…seus pensamentos?

-Você ama o que entra pela sua boca? Os alimentos que consome lhe trazem bem estar? Você não precisa ser a musa ou muso fitness, mas ter a mínima percepção que alimentos podem dizer muito a seu respeito, inclusive sobre seu corpo e comportamento. Você ama o que sai da sua boca? Quais palavras andam saindo da sua boca? Palavras de gratidão, respeito e consideração? Palavras que inspiram e motivam. E não é somente naquela hora que você coloca sua opnião ‘sincera’ nas redes sócias, mas na mesa com seus familiares, no trabalho, na roda de conversa com amigos.

-Você ama os cheiros que lhe cercam? Com que frequência você sente o frescor da brisa do mar, ou apreciou o cheiro de grama molhada, uma essência diferente ou aquele lugar que tem um cheiro que somente você reconhece?

-Você ama o que você está tocando, sentindo? Ou melhor, você toca de fato alguém? Sabe o valor de um bom abraço, um bom carinho? Permite-se sujar, molhar, sentir o quente o frio, o áspero e o liso…permite-se diferentes sensações?

Amar à si é se reconhecer no outro, é praticar o amor nas pequenas coisas, é saber agradecer todas as lições da vida sejam elas boas ou ruins, é confiar, é saborear, é criar e recriar, é orgulhar-se de TUDO o que você produz (sentimentos, sensações, relações, afetos), é expansão enfim é um eterno AMAR SER!

Muito amor nesse mês que se inicia e nas novas possibilidades que se formam a cada instante para todos vocês.

AMA-SE.

Com amor e afeto,

Rê!