Categoria: Saúde

Microagulhamento

Hello amores!

Aposto que a maioria de vocês já ouviu falar sobre a técnica de microagulhamento que, com o auxílio de agulhas muito finas, estimula o colágeno da pele e atenua sinais de envelhecimento, né? Bom se nunca ouviram falar, ou se já viram/leram algo a respeito ou ainda: viram alguma foto com alguma pessoa completamente ensanguentada depois de ter se submetido a tal tratamento e ficaram horrorizadas – eu confesso que eu fiquei quando vi uma vez – esse post é PARA VOCÊ!

A técnica do microagulhamento ou a indução percutânea de colágeno (IPCA), é realizada, com o auxílio de um equipamento chamado roller, que tem cerca de 200 agulhas, facilitando a aplicação, (calma, não se assustem), tem atraído muito a atenção das pessoas que apostam em tratamentos clínicos ou estéticos para cuidar da beleza da pele, pois pode tratar diversos aspectos da pele, especialmente facial, ou seja: o tratamento é realizado através de dispositivos compostos por pequenas agulhas que causam microperfurações na pele e seu PRINCIPAL objetivo é a indução percutânea de colágeno, a angiogenese (criação de vasos sanguíneos novos) e um aumento da vasodilatação, fazendo com que haja uma melhora de oxigenação e nutrição nos tecidos.

As indicações do tratamento são diversas, mas as principais são:

  • Redução do melasma;
  • Redução de cicatrizes de acne;
  • Redução de rugas;
  • Redução/melhora de estrias;
  • Melhora de poros e textura da pele;
  • Redução de cicatrizes traumáticas e/ou cirúrgicas.

Vale ressaltar que o microagulhamento pode ser utilizado tanto no rosto, como em outras partes do corpo como em regiões com estrias.

Mas enfim, não estou escrevendo sem que eu tivesse me submetido a essa técnica e a responsável por tal feito, foi a minha esteticista, a Andressa Santos Massoterapeuta que atende aqui em Blumenau e aplicou o microagulhamento no meu rosto faz 15 dias.

Como é feito o microagulhamento?

Uns dias antes do microagulhamento, a Andressa fez um peeling antiaging para afinar na pele do meu rosto a fim de prepará-la para a técnica com as agulhinhas…meu medo crescia dentro de mim…

No dia do microagulhamento, ela aplicou pomada anestésica no rosto todo, esperou 30min e VOILÀ: começou a passar o roller com nada mais nada menos que 540 agulhas de 0,5mm e MEU MEDO PASSOU – glória Deus – pois não doeu nada perto do que imaginei! Durante o procedimento é aplicado um produto antiaging e clareador para melhor absorção e resultado.

Microagulhamento dói?

Então, é claro que é super relativo. Não vou dizer que não doeu, pois eu estava “naqueles dias” quando fiz então estava mais “sensível, mas claro que a pomada ajudou. Mas no geral é beeeem suportável. Dermatologista tbm faz micro, óbvio, porém com agulha 3.0 e que deve ser feita com sedação do paciente, e feita por médico em centro cirúrgico.

Resultados: o que esperar do microagulhamento

O pós da IPCA é geralmente tranquilo, com mínimo desconforto. A redução das manchas e a melhora da qualidade da pele são vistas nos primeiros 15 a 30 dias. O auge da produção de colágeno induzida pela IPCA é em torno de 3 meses, quando vemos a melhora de rugas, cicatrizes e estrias. E eu que antes tinha uma pele MEGA RESSECADA está atulamente MEGA SEDOSA, e olha que tomo banho no chuveiro quente – mas beeeem quente!

Assim amores, sorry o textão, mas o assunto rende muito, mas no geral, o microagulhamento faz renascer a pele, depois que fiz, JURO, ela está outra, lisinha, macia e olhem que sou relaxada em passar cremes e afins, já fui mais certinha…!

Espero que o post tenha esclarecido as dúvidas caso alguém tinha, e fica aqui o contato da Andressa para vocês caso queiram fazer um microagulhamento ou qualquer outro tratamento estético!

Beijos
Anna

contato: 9 8823-4734