Categoria: Consultoria de Imagem

Dicas de como montar uma mala de viagem

Hello amores!

Quem me acompanha nas redes sociais – @annarutkoski – viu que estive semana passada na loja Laci Baruffi do Balneário Shopping apresentando a fashion trip para NY e tbm passando algumas dicas de como montar uma mala de viagem!

O bate-papo foi uma delícia, e as dicas foram bem básicas, numa linguagem fácil de entender e que com certeza foi muito útil para quem esteve lá, e neste caso, as dicas foram especificas para uma viagem internacional, NYC por exemplo, meu destino daqui a 2 meses!

Bom, para começar, arrumar as malas nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente para nós mulheres, que, no geral, temos o costume de levar mais coisas do que os homens.

Afinal, quando é preciso escolher o que levar, tudo parece ser indispensável e surgem dúvidas sobre o que é prioridade, o que pode ser deixado de lado e, principalmente, sobre como acomodar toda a bagagem.

A boa notícia é que, com alguns truques simples, fica mais fácil levar tudo o que você precisa, aproveitando ao máximo o espaço de sua mala de viagem.

Escolham a mala certa;

As melhores opções são as retangulares, que são, também, as mais comuns. O tamanho ideal vai depender do tempo que você vai ficar fora e do tamanho da família.

Planejem antes de começar a arrumar a mala;

O que deve ser considerado: quanto tempo vocês vão ficar; o clima do local; a mudança de clima e os eventos (vão sair para jantar? dançar? etc.)

A dica é pensar sempre em peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias coisas. Por exemplo: uma calça jeans pode ser usada umas três vezes, então, levem-a com três camisas. Desta forma vocês já tem três looks montados; peças  básicas e com cores neutras também ajudam a fazer a combinação.

Quem vai para a praia, provavelmente, ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo… Então, para que levar 4 calças, 17 shorts, 12 vestidos e 5 pares de sapato de salto alto?! Certamente isto tudo não é necessário, por mais que vocês se sintam tentadas a levar os itens do  guarda-roupa de vocês que mais gostam!

Avalie, bem a possibilidade de surgir algum evento que precise dessas roupas mais chiques, mas, caso percebam que de fato não participarão de muitos eventos à noite, não exagerem na montagem dos looks para levar.

Para o frio, a dica é levar um casaco pesado e quente, de cor neutra, como preto, marrom ou off white. Assim vocêm podem variar apenas a roupa de baixo (camisas, blusas e calças).

O mesmo pensamento vale para os sapatos: levem pares básicos, confortáveis, que combinem com a estação, assim vocês poderão usá-los mais de uma vez e evita levar a sapateira inteira.

Separem tudo antes de colocar na mala;

Independentemente se a vigem for de avião ou carro, se for uma viagem curta ou longa, as dicas são basicamente as mesmas.

As regras principais são: roupas que amassam menos devem ir na parte de baixo da mala, como jeans, sarja, lã. E roupas que amassam mais, além de ficarem por cima, devem ser dobradas o mínimo possível, para evitar que fiquem com muitas marcas.

Na sequência, como proceder arrumando a mala:

Primeiro as calças: coloquem estas peças esticadas no fundo da mala com as pernas para fora. Depois de colocar tudo, é só dobrar as pernas da calça por cima das outras roupas.

Depois, coloquem bermudas e shorts.

Na sequência, coloquem os vestidos. Eles devem ser dobrados o mínimo possível e colocados esticados, com parte da roupa para fora da mala (assim como foi feito com as calças.

Camisetas devem ser dobradas como de costume – aquela dobra tradicional – e depois enroladas. Estas peças podem ser colocadas nos cantos e espaços vazios da mala.

Roupas íntimas devem ser colocadas em sacos (que podem ser aqueles de TNT), para facilitar na hora de encontrá-las.

No caso de viagens para a praia ou no verão: as cangas devem ser colocadas esticadas e, os biquínis e maiôs, em saquinhos plásticos individuais. Eles servirão também para proteger suas roupas na volta da viagem, caso as roupas de banho ainda estejam molhadas.

Os sapatos podem ser colocados em sacos individuais de TNT, ou até mesmo em toucas de banho descartáveis (para proteger a sola do sapato). Eles podem ser acondicionados em compartimento separado na mala ou, se tiverem protegidos, colocados mesmo junto às roupas, de preferência nos cantos da mala.

Os produtos de higiene pessoal, cosméticos, remédios e maquiagem devem ser colocados em uma frasqueira. Mas, se não quiser ou não tiver uma frasqueira, a dica é acondicionar estes produtos em saquinhos separados por tipos (higiene/cosméticos/ remédios/ maquiagem) e distribuir nos espaços vazios. Produtos líquidos que podem vazar na mala devem ser colocados em sacos plásticos. Aqueles tipo ZIP são ótimos.

Deixem o pijama e as roupas íntimas fáceis de pegar.

Por fim, não se esqueçam de levar, no fundo da mala, um saco grande para trazer as roupas sujas separadas das roupas limpas.

Dêem preferência a peças neutras e tecidos que não amassem;

Isso vai facilitar a vida longe de casa. Vocês um vestido que amam de paixão mas que vai chegar todo amassado no destino? Que tal trocarem por aquele outro de um tecido que não amassa?

Hoje em dia há uma variedade enorme de peças feitas pensando nisso com tecidos super tecnológicos e que não têm cara de agasalho de colégio. Outra dica importante é dar preferência a peças de cores neutras, que poderão ser misturadas mais facilmente. Deixem aquela peça super estampada e que não combina com muita coisa para usar em casa. Ah, e importante, esqueçam esta história de não repetir roupa em viagem! Desperdício de espaço levar uma muda diferente para cada dia. Escolha, peças que combinem entre si e que vocês possam fazer variações.

Enrolem, enrolem e enrolem;

Depois de muito testar, cheguei à conclusão que a melhor maneira de organizar a mala é fazendo rolinhos com as roupas. As únicas exceções são peças volumosas, como malhas, casacos, paletós, e camisas sociais, que vão ficar muito amassadas. O resto, é enrolar. Assim vocês economizam espaço, conseguem ver melhor o que estão levando e as roupas não ficam muito marcadas.

Otimizem espeço;

Sabem qual o melhor lugar para guardar suas meias? Dentro dos sapatos! Assim vocês usa um espaço que ficaria vazio e ainda fica prático na hora de usar. Outra dica, mas que só vale para as mulheres, é colocá-las dentro do sutiã, assim evita que eles percam a forma ao serem amassados. Cintos? Que tal colocá-los abertos nas paredes da mala? Outra coisa que geralmente faço é viajar com o casaco mais pesado e o sapato mais trambolho, assim vocês já economizam espaço na mala.

Atenção na hora de escolher e guardar sapatos;

Tem item mais chato de escolher e guardar que eles? Confesso que ainda sofro na hora de fazer minhas escolhas… e se eu precisar de uma bota? Mas será que não é o caso de levar o sapato de salto também? Ah, aquela rasteirinha ficaria linda com a saia que estou levando. Sei bem como é… Mas tentem ser o mais racional possível na hora de selecionar seus sapatos. Além de ocupar bastante espaço eles também pesam na mala. Na hora de guardar, coloquem sempre dentro de organizadores específicos ou de sacos (eu guardo os de tecido que vêm quando a gente compra um sapato novo). Outra opção é colocar toucas de banho, aquelas plásticas e descartáveis, nas solas para não sujar a mala ou as roupas.

Levar apenas os produtos de higiene/beleza necessários;

Pra que levar aquela embalagem de shampoo de 400 ml se vocês só vão passar uns dias fora? Vale a pena investir em um daqueles kits que hoje em dia estão à venda em qualquer farmácia e levar apenas o necessário. Fora que, se vocês não forem super apegaas ao seu shampoo/condicionador, a maioria dos hotéis oferece produtos de higiene básica. Outra dica legal é tentar comprar as coisas em miniatura. Aqui no Brasil já é possível encontrar em algumas farmácias e nos EUA há seções inteiras de mini produtos  que vão desde pasta de dente até laquê para os cabelos.

Deixem algum espaço sobrando na mala;

Se vocês já sairem de casa com a mala explodindo a chance de ter que comprar uma segunda ou pagar excesso de bagagem na volta é enorme. Pouca gente (e não me incluo nesta categoria) consegue ir e voltar de viagem com a mala pesando a mesma coisa. Sempre tem aquela lembrancinha que a gente quer levar para alguém, aquela oferta imperdível que viu em uma loja ou mesmo algum material de trabalho que vocêm tem que trazer na volta. Então nunca viajem com a mala no limite e sempre deixem um espaço para uma eventualidade.

Dicas compartilhadas e agora é só vocês colocarem em prática na próxima viagem de vocês!

Beijos
Anna

 

Deixe seu comentário