Categoria: Cultura Pop

We Wear Culture

Hello amores!

Olhem que incrível isso amores: o Google lançou uma ferramenta maravilhosa para explorar a moda que dá acesso a mais de mil museus, exposições e acervos privados, e também oferece perspectivas especializadas sobre a história da moda!

É com a proposta de “trazer 3.000 anos de moda para a plataforma do Google Arts and Culture que a gigante da tecnologia anuncia o We Wear Culture, (“nós vestimos cultura”), um braço da iniciativa focado em facilitar a exploração da vestimenta, sua história e suas implicações culturais.

Encorajado pelo volume de buscas em relação à moda e pela crescente popularização das exposições fashion — como a de Rei Kawakubo, que alçou a designer vanguardista a ícone da contracultura — o Google mantém sua ambição de “organizar a informação mundial e fazê-la universalmente acessível.”

Tudo começou em 2010 com o engenheiro Amit Sood, nascido em Bombay, na Índia. Como parte do tempo livre oferecido pela empresa para que os funcionários pudessem explorar projetos pessoais, ele criou, através do Kickstarter, o Google Art Project. Sua ideia reunia esforços para digitalizar os museus ao redor do mundo, tornando artefatos culturais acessíveis para milhões de pessoas em todos os lugares.

O projeto cresceu e se tornou o Google Cultural Institute, um projeto sem fins lucrativos que tem sede no Hôtel Particulier, no nono arrondissement de Paris. São mais de 1300 museus e fundações parceiras que colaboram com a digitalização de seus edifícios, arquivos e exposições.

O We Wear Culture é baseado na premissa de que moda é cultura.

“Nossos parceiros têm coleções enormes e muita sabedoria, mas normalmente tudo está guardado — seja fisicamente ou no cérebro do curador. Então, primeiramente, estamos abrindo o acesso a tudo isso — e realmente levando para as pessoas de uma forma que é facilmente compreensível e educativa, mas também divertida“, conta Kate Lauterbach, gerente de projetos do Google, ao Business of Fashion.

Enquanto os museus maiores já tem tecnologia o suficiente para realizar esse tipo de adaptação online, a ferramenta oferece oportunidades mais democráticas para pequenas galerias e instituições que não tem os mesmos recursos ou a mesma projeção. No Brasil, O Museu da Moda Brasileira, o Museu Afro Brasil e o Instituto Moreira Salles são alguns dos colaboradores atuais.

Eu ameeeeeiiiiiiiii isso amores! E vocês?

Beijos
Anna

Categoria: Moda & Tendência

A Pochete da Gucci…

Hello amores!

Podem me julgar, mas sim, amei e quero muito – porém ainda não sou blogueira rYca e não tenho MONEY pra comprar uma ORIGINAL kkkkkk – a belt bag da coleção pre fall da Gucci! Até tenho outras duas, confesso que são extremamente práticas.

Como vocês já sabem, no universo fashion, grandes grifes e estilistas resgatam de décadas passadas itens polêmicos que dividem opiniões e os firmam como tendências atuais que logo caem no gosto dos fashionistas.

Nas últimas temporadas foi a vez das pochetes serem resgatadas lá dos anos 80 de novo, mais uma tentativa –  que são consideradas pela maioria um item cafona, mas acontece que elas voltaram repaginadas, como item de luxo e super usáveis.

Em sua, coleção pre-fall 2017, a Gucci apresentou sua versão do acessório. O item desenvolvido pelo estilista Alessandro Michele faz parte da linha GG Marmont e, já é alvo de desejo entre os fãs da grife.

A belt bag da Gucci traz inspiração no sportwear. Ela possui uma forma arredondada, o double G e um cinto de couro para que possa ser usada na cintura.

Além da cintura, é possível usá-la também atravessada nos ombros– truque de styling ideal para atualizar a forma de usar o acessório.

ALÔ ALIEXPRESS, aposto que logo logo réplicas poderão ser encontradas por lá e aposto que na próxima temporada Arezzo, Renner, Schultz e outras marcas nacionais irão desenvolver suas similares!!! Ficarei no aguardo…

Mas para vocês se inspirarem, até porque existem outros modelos por aí tbm, selecionei algumas imagens:

Esse modelito da Gucci está super atualizado, ela pode fazer vocês repensarem um pouco quanto ao seu conceito de ‘’acessório cafona’’ que ultrapassou décadas até os dias hoje!

Beijos
Anna

Categoria: Moda & Tendência

Trend – Sapato com recorte em V

Hello amores!!!

Ano passado quando estive por NY durante a semana de moda, fiz muitas pesquisas do que estava em alta por lá e posteriormente estaria em alta por aqui uma temporada depois.

Pois bem, uma das tendências que estava super em alta no verão deles e que está chegando agora pra nós, são os sapatos com recorte em V. Oi?

Conhecido por alongar o colo ou as pernas, o decote — ou recorte — em  ‘V’ está indo muito além de blusas ou vestidos para a nossa temporada. Botas e escarpins que deixam o peito do pé à mostra, aos poucos estão ganhando várias adeptas, principalmente em versões com saltos baixos, estilo sapatinhos da Dior.

Mas e aí, Anna, como eu usar este tipo de sapato??? Separei algumas imagens para vocês se inspirarem caso tenham um modelito no gênero, caso queiram ter, ou mesmo para tirar dúvidas se vale investir ou não:

O vestido à la camisola tem tudo a ver com a peça de ar retrô;

A ankle boot quebra a vibe esporte do casaco acolchoado;


A versão do tipo mule torna o look com maxicasaco prateado ainda mais cool;

O rosa funciona como um ponto de cor na produção de tons neutros.

Beijos
Anna